Projeto: Pedaços de Fortaleza

  • "Pedaços de Fortaleza"

    "Pedaços de Fortaleza" é um projeto autoral que mostra alguns "pedacinhos" de cada espaço que tenha grande relevância para nós fortalezenses. A produção das imagens foram feitas com uso do photoshop e a técnica de manipulação com proporção isométrica com a intenção de dá à sensação de fragmento.  Até o momento o projeto é composto por 4 lugares: 1- Estádio Governador Plácido Castelo ( Castelão ), 2- Praça do ferreira, 3- Praia de Iracema; 4- Centro Dragão do Mar.

  • 1- Estádio Governador Plácido Castelo ( Castelão )

    O Estádio Governador Plácido Castelo, também conhecido como Arena Castelão, ou simplesmente Castelão, é um estádio de futebol brasileiro localizado em Fortaleza, Ceará, e inaugurado em 1973. Sua capacidade atual é de até 63.903 pessoas. Está entre os 60 maiores estádios do mundo, é o quarto maior do Brasil e o maior do Norte/Nordeste. É o primeiro estádio da América do Sul a obter a certificação ambiental Leed. O estádio foi reformado em 2002, e totalmente remodelado em 2012, em decorrência da Copa do Mundo FIFA de 2014, evento do qual foi uma das sedes, recebendo seis jogos, entre eles um jogo das oitavas de final, um das quartas de final e dois jogos da Seleção Brasileira.

    Fonte de pesquisa: Wikipédia
    Foto: Portal da Copa
  • 2 - Praça do Ferreira ( Centro comercial de Fortaleza )

    Praça do Ferreira é uma praça situada no Centro da cidade de Fortaleza, capital do estado do Ceará. Possui uma área de 7.603 metros quadrados. Seu nome é referência ao Boticário Ferreira que em 1871, enquanto presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, fez uma reforma na área e urbanizou o espaço. Após séries de pesquisas, a Praça do Ferreira foi oficialmente declarada Marco Histórico e Patrimonial de Fortaleza pela lei municipal 8605 de 20 de dezembro de 2001. Em 1839 era apenas um campo de areia com um grande poço no centro, que funcionou até 1920, quando o então prefeito Godofredo Maciel deu início a reforma. O local é bastante conhecido pelo seu relógio, que é localizado no centro da praça. O relógio foi construído em 1933, foi projetado pelo engenheiro José Gonsalves da Justa, durante a gestão municipal de Raimundo Girão, em estilo Arte-Decó. Ficou popularmente conhecido como Coluna da Hora, mas em 1967 foi derrubado. Vindo a ser construída novamente em 1991, bastante diferente da primeira — que possuía estilo "Art Dèco" de cimento e pó de pedra — mas também significativa.

    Fonte de pesquisa: Wikipédia
    Foto: Sávio Félix
  • 3 - Praia de Iracema

    A Praia de Iracema é uma praia de bairro nobre homônimo localizados no município de Fortaleza, no estado do Ceará, no Brasil. Seu nome vem da personagem Iracema, que dá título ao romance Iracema, do escritor cearense José de Alencar. Segundo os mapas holandeses de 1649, foi neste local que os índios potiguares se encontravam quando Matias Beck e sua frota chegaram a Fortaleza.  Além da forte ligação da praia e do bairro com a famosa obra da trilogia indianista do romance brasileiro, o local também apresenta em boa parte de suas ruas nomes que representam a tradição indígena, como rua dos Tabajaras, Cariris e Potiguaras. 

    Fonte de pesquisa: Wikipédia
    Foto: Comunica Extend
  • 4 - Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura

    O Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (CDMAC) é um centro cultural, um dos maiores do Brasil, localizado em Fortaleza, Ceará. São 30 mil metros quadrados de área dedicada à arte e à cultura, com atrações como o Museu da Cultura Cearense, o Museu de Arte Contemporânea do Ceará, Planetário Rubens de Azevedo, Teatro Dragão do Mar, Salas do Cinema do Dragão - Fundação Joaquim Nabuco, Anfiteatro Sérgio Mota, Espaço Rogaciano Leite Filho, Biblioteca Leonilson, Auditório, Multigalerias e espaços para exposições itinerantes e Parque Verde. O centro é vinculado ao Porto Iracema das Artes, à Biblioteca Pública Menezes Pimentel e à Escola de Artes e Ofícios Thomas Pompeu Sobrinho. Há ainda a Praça Verde, que abriga mais de quatro mil pessoas e também grandes shows nacionais e internacionais. O Centro Dragão do Mar é um espaço destinado ao encontro das pessoas, ao fomento e à difusão da arte e da cultura. O espaço foi idealizado pelo então secretário da Cultura e atual Presidente do Instituto Dragão do Mar, o jornalista Paulo Linhares, e o então Governador do Estado do Ceará, Ciro Gomes, na década de 90. O espaço foi entregue à população pelo governador Tasso Jereissati, em 28 de abril de 1999.

    Fonte de pesquisa: Wikipédia
  • Vídeo do processo de criação  da Praça do Ferreira
  • Vídeo do processo de criação  do Castelão
  • Vídeo do processo de criação  do Dragão do mar
  • Vídeo do processo de criação  da Beira Mar


  • Thank you for seeing the project. I
     suggest you see this one too.